Viva o Palco

Dramaqueer – da Pedagogia Queer para a Dramaturgia Teatral

Seminário:

A palestra busca apresentar a pesquisa bibliográfica de práticas metodológicas para o ensino aprendizagem da linguagem teatral, focando na construção colaborativa de dramaturgia teatral com base no pensamento da pedagogia queer, ao investigar possibilidades de valorização das diferenças de identidades (gênero, orientação sexual, etnia e classe social), a ser desenvolvida com estudantes adolescentes e adultos, em instituições de ensino formal e livre. A pesquisa constrói uma relação entre o pensamento da teoria queer, estruturada pela filósofa Judith Butler e a pedagogia queer, proposta pela educadora Guacira Lopes Louro, usando-as como base para o procedimento metodológico do devised theatre, segundo apontamentos da atriz Stefanie Liz Polidoro. Assim, a pesquisa descreve o procedimento processual realizado em aula, que envolve a definição da temática, a criação de debates, a pesquisa de referencial artístico, a criação de improvisações, o registro e a seleção dos materiais criados, a definição dos personagens e as estruturações finais da dramaturgia. Durante a pesquisa, observou-se a escassez de material relacionando a pedagogia queer com a linguagem teatral, com foco na criação colaborativa de dramaturgias, sinalizando que sua importância não reside na necessidade de criar algo autoral como forma de estimular a vaidade artística, mas sim na necessidade de tratarmos assuntos reais e atuais, que fazem parte da realidade e do cotidiano de muitos estudantes, despertando questionamentos sobre as identidades, oportunizando a formação de sujeitos com um pensamento crítico a cerca da sociedade em que estão inseridos.

Dias
Horas
Minutos
Segundos

Marcie Vieira

Mulher trans e travesti, atua com arte e educação. É especialista em Metodologia do Ensino de Artes, na pós-graduação latu sensu pela Uninter (2019), tendo como pesquisa de TCC o projeto “Dramaqueer – da pedagogia queer para a dramaturgia teatral”. Graduada em Dança, no curso superior de tecnologia pela UCS
(2016), tendo como pesquisa de TCC o projeto “Via-da Sacra, um diálogo entre a performatividade do gênero na performance art”. Licenciada em Pedagogia, no curso superior pela Unifacvest (2020), tendo como pesquisa de TCC o projeto “Temas (Trans)versais e seus (Cis)temas”. Atualmente cursa a pós-graduação em Direitos Humanos, Gênero e Sexualidade, pela UniRitter. Estreou em 23 de janeiro de 2021 o projeto “Performatividades Dissidentes”.

Faça login para assistir

Faça o login para conferir a nossa programação!